Nova rede LI-FI pretende subistituir atual WI-FI


Na Universidade de Oxford, chegaram a uma nova tecnologia de transmissão International Business Times,
de dados pelo ar estamos falando agora do LI-FI ela em testes realizados atingiu patamares de dados a taxas mais altas por meio da luz como veiculo de transporte, elas são oriundas de LEDS com taxas de 224 Gbps de acordo com o site, vem sendo testada para substituir as ondas de radiofrequência usadas atualmente, mas como utiliza luz teremos provavelmente uns inpercilios que seria os obstáculos físicos já que a luz no espaço percorreria um campo retilíneo e não atravessa obstáculos, sendo necessários vários pontos intercalados para disponibilizar a conexão para os receptores instalados nos equipamentos.


Nova rede LI-FI pretende subistituir atual WI-FI
Nova rede LI-FI pretende subistituir atual WI-FI

Tecnologia que que originou isso foi a conexão infravermelha nos primeiros modelos de celulares lançadas com fundamentos semelhantes mas com taxa baixa de transferência e o problema da distancia alcançada e sua necessidade de direção que qualquer problema poderia fazer você perder a conexão por estes motivos caiu logo em desuso sendo substituído pelo Bluetooth que vinha com mais mobilidade alcance médio de 01 a 10 m dependendo do aparelho. 

A internet usando  luz como meio de conexão Li-FI e promissor se podermos contornamos alguns de seus problemas comparado com o alto ganho que poderíamos ter e a conjunção de poder consumir uma luz e ter dados ao mesmo tempo economizaria muita energia se bem anexada os pontos por isso ela poderá  ser aplicada um dia, atualmente elas esta presente nas fibras óticas que utilizam os mesmos projeto com Leds ou Laser
para transmissão de alta velocidade entre backbones por exemplo.

Mas se achamos que por pontos de internet em toda casa simplesmente, utilizando lampadas e algo utopico, que tal outra nova tecnologia que os cientistas estao inventando: Novidade tecnologica - Internet via som
Anterior Proxima Página inicial

0 Comments:

Postar um comentário